Chegado por mail, há pouquinho:

O Ensino Especializado de Música foi alvo, no início deste ano lectivo, de uma reformulação bastante significativa ao nível do curso básico. A legislação (portaria nº 691/2009) que definiu os novos planos curriculares foi publicada a 25 de Junho de 2009,  durante o decorrer do período de exames. As escolas tiveram conhecimento da sua publicação no início de Julho, o que deixou um mês para analisar a portaria e implementar todas as alterações dela decorrentes. Claro que o início do ano lectivo foi caótico em boa parte das escolas de música. A referida portaria prevê que a sua aplicação seja faseada, entrando em vigor este ano para os 5º e 7º anos, em 2010/11 para os 8º e em 2011/12 para os 9º anos. Ou seja, para os alunos do 6º, 8º e 9º este ano tudo seria como nos anos anteriores, o que, para os alunos do 9º ano, o equivalente ao 5º grau do conservatório, implicaria a realização de um exame final às disciplinas de Instrumento e Formação Musical. Todo o ano lectivo foi planeado tendo em vista a realização desse exame e os alunos estiveram entre Setembro e meio de Maio a preparar-se para o fazer.
Acontece que ontem, dia 10 de Maio de 2010, a um mês e seis dias do início do período de exames, e depois de a DREL ter informado há cerca de um mês que este ano não haveria alterações aos exames, foi publicada outra portaria (nº 264/2010) onde se manda aplicar já este ano as normas definidas pela portaria 691 aos alunos que concluam o curso básico. Na prática, este ano afinal já não exames para os alunos do 5º grau dos conservatórios. Pior que isso, a portaria 691 refere que deixa de haver exames para conclusão do curso básico, passando a haver uma prova de admissão para os que desejam prosseguir estudos. Normas para a realização desta prova? Ainda não saíram… Os alunos que este ano concluam o curso básico terão que realizar até ao início do próximo ano lectivo uma prova a qual ainda ninguém sabe quando e como será realizada. Está-se mesmo a ver, sairá por volta de 31 de Agosto uma outra portaria qualquer a obrigar os alunos a prestar uma prova daí a uma semana..