Sexta-feira, 2 de Abril, 2010


Rilo Kiley, The Moneymaker

Anúncios

Esta tenho de contar, mesmo sendo do foro da demência pessoal.

Estou a aproveitar estes dias para despachar imenso trabalho acumulado, revendo trabalhos de amigos, completando textos encomendados e tentando dar cumprimento a outras promessas feitas.

Entre elas está a revisão e preenchimento de lacunas da transcrição paleográfica de um documento de final do século XV, a pedido de um investigador de História Local do concelho onde vivi mais de três décadas e lecciono.

Foi-me fornecida a transcrição feita até ao momento, em papel e suporte digital, mais cópias em diversas dimensões dos fólios do documento.

Isto aconteceu, salvo erro, lá por Novembro.

Por diversas razões comecei a dita revisão, mas não a completei no tempo aprazado. Há semanas que, envergonhado, evito confessar o incumprimento.

Por estes dias retirei a pasta com o material e decidi que é desta.

Telefona-me hoje o investigador em causa, para meu generalizado engasganço.

E agora? Tento justificar-me… preciso de disposição… nem sempre é fácil perceber bem a grafia a partir das cópias.

Com paciência, sou interrompido.

É-me dito pelo investigador em causa que um amigo comum lhe comunicou que esse documento já foi transcrito por ele e revisto para publicação há mais de 10 anos pelo autor de uma obra sobre a história e património da margem sul do Tejo.

E que está publicado, com uma pequena introdução do dito autor.

Onde, em que obra, de quem, perguntam vós?

Pois, o problema é esse.

O documento está publicado em obra de que sou co-autor, com transcrição revista por mim e a tal introdução de minha lavra.

Que eu me tenha esquecido completamente disso não abona nada em favor da minha sanidade actual, mesmo da pretérita e certamente nadinha mesmo da futura.

Portanto, se alguém ficar sem resposta a algum mail, sms, telefonema ou outro qualquer pedido… não se espante.

Isto já não é o que nunca chegou a ser.

Vodpod videos no longer available.

more about "Em Defesa da Linha do Tua", posted with vodpod

Com o devido e atrasado agradecimento à Nélia

Página seguinte »