Seria descortês fazê-lo antes da publicação em papel, que eu sempre venero:

Professores queixam-se de «pressões» para não dar negativas

«Há pressões, sempre houve», garante Paulo Guinote, autor do blogue A Educação do Meu Umbigo, que publicou o cabeçalho dos testes de uma escola básica, onde os alunos devem assinalar com uma cruz o grau de dificuldade da avaliação.