Primeiro foi o adiamento da aplicação do Acordo Ortográfico, agora nos novos programas, para os quais se anda em formação desde o início do ano lectivo. Entretanto, os manuais estão em preparação e começavam a ser divulgados alguns avanços pelas escolas. Agora anuncia-se que, afinal, coiso e tal.

Andamos mesmo a brincar com isto tudo?

Quando é que se começa a trabalhar a sério, com princípio, meio e fim? Então o programa foi homologado e agora – a acreditar na justificação – vai ser de novo alterado?

Novos programas de Português para o ensino básico adiados

No próximo ano lectivo já não entram em vigor os programas de Língua Portuguesa dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos. O Ministério da Educação decidiu adiar, uma vez que está prevista uma revisão curricular e a definição das metas de aprendizagem para o ensino básico.