Não vale a pena entrar em detalhes muito específicos nesta matéria mas, para além destas ideias serem muito habituais no processo de crescimento  a caminho da idade adulta, muito próprio ao desenvolvimento de sensações de inadequação ao mundo envolvente, há ainda os fenómenos miméticos em relação a certas modas.

Muitas das considerações sobre estes fenómenos, que não devem ser menorizados, acentuam por vezes um certo dramatismo que nem sempre corresponde a uma realidade mais fluída do que os estereótipos – quantas vezes com chancela científica – tendem a cristalizar no imaginário comum.

Tal como em muitas outras situações, o essencial é o despiste precoce destas situações e o seu acompanhamento por quem tenha a formação e o bom senso indispensáveis para o fazer.

Automutilação cresce entre os mais jovens