Franklin Spear, Manhã de Domingo (a data queria eu saber…)