Sábado, 23 de Janeiro, 2010


Tim Burton, Alice in Wonderland

F-A-B-U-L-O-S-O

Agradecendo ao António Cavalhal a referência:

1001 discos que hay que escuchar antes de morir

Dá para fazer download de todos. O link dá para a primeira parte. Este é o link para a 14ª parte, que não percebi se é a última que está disponível até agora.

Sobre este caso tenho mais documentação, sendo a integral reprodução autorizada pelo avaliado em causa.

Mas a questão é: em que parte da legislação se baseia este critério?

O Mosteiro dos Jerónimos visto em 3D.

Depois de ter passado toda a década de 90 a guiar por lá visitas, a escolas do interior do país, nos finais das semanas de Março a Junho, confesso que este tipo de visita é muito menos desgastante.

Pessoa amiga que teve contacto com quem por lá andou diz-me que pelo menos numa das salas se levantaram, naquele entardecer e noite de 7 de Janeiro, muitas reservas quanto às disposições transitórias entre os modelos de carreira e que a assinatura do acordo ficou condicionada à obtenção de uma solução diferente, que a ninguém prejudicasse, daquela a que tivemos acesso.

E que isso ficou registado numa das tais actas.

Eu acho que até poderia dizer em que andar isso aconteceu, mas era chato fazê-lo antes dos próprios interessados se chegarem à frente com clareza.

A menos que isso prejudique o desenrolar do processo negocial, é claro. Nesse caso, não me importo de esperar sentado, ou mesmo reclinado.

Atenção aos contactos estabelecidos e às anunciadas «novas orientações superiores». Será que as regras vão mudar depois do prazo fechado? Será tudo isto digno de crédito? Não será melhor…

Das janelas da minha escola

Página seguinte »