… e a contenção salarial também não.

Há não muito tempo tive aqui uma disputa com o Kafkazul sobre os topos salariais na Função Pública e na carreira docente. Acho que esta notícia é uma interessante achega:

Estado vai poder recrutar dirigentes mais caros

Chefias intermédias vão poder auferir salários do privado. Actuais  dirigentes mantêm progressão automática.