Sindicato garante que não vai criar guerra com Governo

A Frente Sindical da Administração Pública (FESAP) garantiu hoje que os trabalhadores do sector “não irão entrar em guerra” na tentativa de igualar o seu modelo de avaliação àquele que foi alcançado na Educação.

“Que fique bem claro: não vai haver guerra”, declarou o presidente do sindicato, Nobre dos Santos, aos jornalistas.