Quinta-feira, 7 de Janeiro, 2010


Eurythmics, When tomorrow comes

E eu começo a estar com algum sono… pobres daqueles que estão a sandochas

U2, The Fly

Mas teria de ser uma que soubesse apanhar o elevador, que está frio para voar e as janelas devem estar fechadas.

O momento escolhido pela TSF (19.21 de hoje) para colocar esta notícia em destaque. Baldaia, amigo, estamos todos contigo.

Ver o Fernando Rosas a defender o casamento entre gays na SICN. E fico-me por aqui.

A cobertura exaustiva da televisão pública (RTP e RTPN) às negociações.

E a terminologia usada: começam por dizer tudo o que caiu na proposta do ME; ficam apenas restrições no acesso ao 5º e 7º escalões (sendo que apenas é ficarem dois de três).

Raramente digo isto, pois não sou adepto de teorias das conspiração. mas desta vez há uma evidente manipulação editorial da informação sobre as negociações.

Curiosidades: reuniões com sindicatos nos 7º, 9º, 11º e 12º andares do ME indicam que seria útil ter alugado uma sala com capacidade para todos, porque assim dá uma sensação muito estranha de haver jogo duplo, triplo ou quadruplo.

Mandaram vir comida há pouco, o que dá a entender que vamos estar à espera mais umas horas. Por mim, como saberão, tentaria saber se O Tempero de Minas tem take-away

Adenda: Revi as imagens e há ainda a dizer que foi destacado que as cedências do ME, quanto à passagem ao 3º escalão, permitiriam beneficiar 18500 professores já este ano. Ufa, que desta vez se esmeraram na patacoada. Pelos vistos todos os que estão no 2º escalão podem progredir por varinha mágica.

Nóbrega Ascenso (quem? a sério que não encontrei nada no google-imagens deste vice-presidente da FNE para ilustrar este post) acaba de dizer na RTP1 que afinal o SINAPE não assinou nada, que a assessoria de imprensa do sindicato se enganou.

Pois.

(a coisa mais ridícula é que as reuniões acontecem em vários andares do ME, a segunda mais ridícula é dizerem que só o ME está a afzer cedências)

Página seguinte »