E depois o problema do défice são os encargos com os professores…

Lisnave. Estado “camuflou despesa” de 214 milhões de euros

O Tribunal de Contas diz que a despesa de aquisição aos bancos, realizada em 2008, foi “camuflada” como encargo de dívida pública. Em causa está o atraso no desenvolvimento imobiliário da antiga Lisnave, em Almada.