Quarta-feira, 9 de Dezembro, 2009


Vampire Weekend, Cousins

A coisa mais próxima disto foi há cerca de 30 anos o Crazy Rhythms dos Feelies. Delírio puro de guitarras e percussão.

Nota 9/10, apesar do Fafe dar zero.

Qual delas a mais séria…

Que trapalhada. Voltem Santana e  Maria do Carmo Seabra, não estás perdoada, mas até já vos entendemos. Afinal foi indigitada, mas não nomeada. Tipo Bil Clinton, fumou, mas não inalou ou não foi sexo, mas se calhar até foi.

Carta de apresentação de Beatriz Proença

No site da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC) podia ler-se esta tarde a carta de apresentação de Beatriz Proença como a nova directora da DREC.

Estive boa parte do dia fora e quando cheguei a casa e liguei a televisão, levei com uma catadupa de spin orquestrado a partir de dentro do Partido Socrático.

Ou estou muito enganado ou a ideia é isto nem chegar a meio de 2010.

O esforço por dramatizar tudo e mais alguma coisa está aí. Desde o alimentar de quezílias no Parlamento aos avançar das reservas (hoje foi Daniel Bessa) a avisarem acerca do apocalipse iminente, passando pelo requentar das negociações com os professores e o apelo patético à intervenção do PR que ajudaram a descredibilizar, tudo parece querer dizer que este governo foi criado para durar os mesmos meses de uma criança, quiçá prematura.

Incapaz de governar em democracia plena, de base parlamentar, Sócrates e os seus mini-me’s avançam para o confronto em todos os tabuleiros, no sentido de passarem por vítimas de bullying e colherem a simpatia da opinião pública, condimentada a aumento do salário mínimo.

É uma estratégia tão legítima como qualquer outra artimanha política.

Resta desmontá-la e não reagir no mesmo registo histriónico porque, por muito que custe e seja forte a tentação, não devemos baixar-nos ao ponto de nos equivalermos a quem…

Ministério da Educação garante que não nomeou Beatriz Proença

O Governo garante que Maria Beatriz Proença nunca foi nomeada oficialmente e que o seu nome nunca chegou a sair em Diário da República.

Através de email, o Ministério da Educação garantiu à TSF que Beatriz Proença não foi nomeada oficialmente para exercer as funções de directora da Direcção Regional de Educação do Centro (DREC). Contudo, e durante a semana em que desempenhou funções, Beatriz Proença despachou vários assuntos, reuniu com os serviços e enviou cartas de apresentação para várias entidades.

Mas será que a senhora Directora pensa que foi a própria ministra que escolheu os secretários de Estado?

Directora abandona funções uma semana depois da posse

A Directora Regional de Educação do Centro, que iniciou funções a 2 de Dezembro, cessou funções depois de divergências com o Ministério da Educação (ME) em torno da nomeação dos novos adjuntos. Em causa estará a imposição, politica, de dois adjuntos que a nova directora recusou. Por esclarecer está saber se tratou de uma demissão ou se a directora terá sido demitida.

FNE afasta acções de protesto

Por enquanto, Federação quer «valorizar processo negocial»

Página seguinte »