Eis o despacho n.º 16497/2009 que fica o montante a pagar aos avaliadores do manuais escolares

17 de Julho, determina -se o seguinte:
1 — A remuneração a atribuir aos membros das comissões de avaliação dos manuais escolares a que se refere o artigo 9.º da Lei n.º 47/2006, de 28 de Agosto, é fixada por manual escolar avaliado, da seguinte forma:
a) Coordenador da comissão de avaliação — € 1400;
b) Restantes membros da comissão de avaliação — € 900.

2 — Da aplicação do número anterior não pode resultar o montante global superior a € 5000 por manual avaliado.
30 de Junho de 2009. — O Ministro de Estado e das Finanças, Fernando
Teixeira dos Santos. — Pela Ministra da Educação, Jorge Miguel
de Melo Viana Pedreira, Secretário de Estado Adjunto e da Educação.

Não é nada mau, mas o que eu gostava mesmo era de saber os critérios de selecção dos avaliadores,a começar pelos coordenadores…

Porque o plafond de 5.000 € dá para cinco avaliadores por manual (!!!). Multipliquem-me lá isto pelo número de manuais em circulação…

Garanto-vos, acho que neste momento há muito autor de manual que preferia estar a certificá-los. Certamente ganharia mais…