O espaço dedicado à minha bibliografia mínima porque já agora que o livro do Umbigo vem a caminho, convém confessar que a parte da emoção de publicar um livro já foi vivida várias vezes no passado, mesmo se não com o impacto e projecção deste. Por enquanto deixei lá apenas aquilo a que chamei a trilogia dos barquinhos, publicada em colaboração com os velhos cúmplices António Lopes e Eduardo Frutuoso entre 1998 e 2002.

Quanto à área da Educação, a primeira incursão tem cerca de 20 anos e deu-se na revista Educação e Ensino nos tempos em que fui efémero técnico autárquico nesta área, por ocasião da transferência de competências para as autarquias em finais dos anos 90, era então ministro Roberto Carneiro.

Foi nessa altura que aprendi o milagre dos quilómetros no momento de fazer um plano de transportes escolares no segundo maior concelho do país. Nunca Casebres ou o Torrão ficaram tão longe de Alcácer, isso vos garanto eu. Não admira que só lá tenha durado 15 meses, com os últimos 3 por especial deferência da Presidente que gostava de mim e ainda tinha esperança que eu desenvolvesse um «espírito de equipa» que conseguisse contrariar a minha consciência.

cv