Quarta-feira, 18 de Março, 2009


James, Sit Down (numa bela versão longa…)

Como aperitivo uma sessão de alegre e jovial troca de mimos entre mim, o Ilídio e o Ricardo, enquanto o resto da delegação confraternizava.

Quanto ao prato principal, vou deixar aqui apenas umas breves notas da audi~encia de uma hora com o deputado Manuel Tiago:

  • O PCP está disponível, como se sabe desde ontem, para promover o pedido da fiscalização da inconstitucionalidade do simplex, produzindo um texto base que será posteriormente adaptado conforme as necessidades para serem obtidas as necessárias assinaturas de deputados de outros partidos. Ficámos de colaborar na sensibilização dos restantes grupos parlamentares para esta questão. Até ao momento ainda não tivemos resposta cabal aos restantes pedidos de audiência, mas o Ricardo e o Ilídio ficaram a tratar disso á saída.
  • Existe neste momento um profundo incómodo devido à ausência da Ministra da Educação, ontem na Comissão de Educação, após a utilização do direito potestativo pelo PSD para a sua convocatória. Tanto mais quanto a ministra pareceu ter tempo para dar uma longa entrevista ao JN, mas não para se deslocar ao Parlamento, responder a questões sobre o mesmo assunto. A atitude é encarada, pelo que julgo perceber por outros sinais, com um misto de sentimento de desrespeito, incredulidade e semi-resignação.
  • Há bastante interesse em conhecer os termos do novo parecer em elaboração pelo doutor Garcia Pereira sobre o modelo de gestão escolar, adivinhando-se que este assunto também virá a ocupar a agenda política em matéria de Educação, por ser esta uma peça essencial na arquitectura legislativa do ME.
  • Há outras iniciativas em decurso no Parlamento em matéria de Educação, nomeadamente por iniciativa do PCP, mas sobre as quais nos foi solicitado sigilo até ao seu anúncio oficial.

Sobre os ciganos de Barqueiros, podia-se ouvir mais ou menos isto hoje na T.V.:

Eu acho que os ciganos de Barqueiros devem  estar em contentores, perdão monoblocos ( e quem achar o contrário ou é b… ou é cigano). A isto chama-se diferenciação positiva ( que é o contrário de diferenciação negativa) e o monobloco já lá estava, deve andar distraído o Sr. Secretário da Junta, e não o Sr. Presidente da Junta, porque não foi este que levantou o problema.

Se não fosse o contentor os ciganos não tinham aulas, perdão o monobloco.

Os ciganos são pessoas como as outras, por isso é que são diferentes e devem ter professores como os outros e diferentes.

C.R.

OBSERVAÇÃO DE AULAS – MEMORANDO

  • Aula observada – 45 minutos
  • Plano de aula – 45m / 90m (contextualização; sequenciação; gestão da planificação)
  • Grelha de Plano de aula – tem de ter: competências, objectivos, actividades, materiais, avaliação.
  • Cada Departamento tem alguma margem de liberdade relativamente ao aspecto formal da planificação
  • O Plano de aula deve ser entregue ao professor observador com uma antecedência mínima de 24h
  • Diálogo entre professor observador / professor observado antes e depois da aula observada ou só depois da aula observada, de acordo com solicitação do professor observado – Elaboração de acta
  • Registo integral, escrito, das observações feitas – o que o professor observado diz e escreve, como responde às perguntas dos alunos, como apresenta os conteúdos, como se movimenta na sala, que materiais utiliza, que relação estabelece com os alunos, como rentabiliza os recursos físicos da sala de aula, como motiva os alunos…
  • Encontro professor observador / professor observado após a aula – o professor observado faz uma reflexão sobre a aula (registo escrito); o professor observador faz a sua reflexão (registo escrito) – os dois professores assinam os registos – elaboração de acta.
  • Preenchimento da check-list em conjunto – elaboração de acta
  • Preenchimento da Ficha de Observação de aula – professor observador

No acto de observação e avaliação o professor observador não deve ter em consideração o grau de relação que tem com o professor observado e a imagem que se fez desse professor.

Gostam desta última parte? Eu também!!!

E ainda diz MLR que é só preencher um papelinho…

provjust

Ou agora a fórmula é arranjar uma minoria étnica, metê-la em contentores e temos um TEIP à la minuta?

Escola de Barqueiros passa a Território de Intervenção Prioritária

E ainda se admiram que andem a limpar as estatísticas da violência em espaço escolar?

Homens e mulheres armados com paus entram em escola à procura de aluno

Página seguinte »