Caro colega:
É com imenso prazer que lhe comunico e solicito que divulgue no “A Educação do meu umbigo” o resultado de mais um anti-simplex.
Escola Secundária/3 Pinhal do Rei – Marinha Grande
Total de professores na escola: 71
Professores na reunião: 61
Sim : 44 – 72,1%
Não : 8 – 13,1%
Votos em branco: 9 – 14,8%

Abraço:
Armando Agostinho PQND Dep. Curr. Educação Física

MOÇÃO 1: TOMADA DE POSIÇÃO SOBRE O MODELO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO

Os professores da Escola Secundária/3 de Pinhal do Rei suspendem a entrega dos objectivos individuais relacionados com o processo de avaliação em curso – assente no modelo de avaliação regulamentado pelo Decreto Regulamentar nº2/2008, de 10 de Janeiro, à semelhança do sucedido em várias escolas do país, como é do conhecimento público.
Entendem que as centenas de milhares de manifestações públicas de desacordo com as actuais propostas da tutela reforçam a legitimidade da classe profissional, de resto retratadas nas sucessivas alterações do modelo de avaliação, provando o reconhecimento de parte da sua inexequibilidade.
As alterações pontuais introduzidas no modelo, pelo Decreto Regulamentar nº1-A/2009 de 5 de Janeiro, não alteraram a filosofia e os princípios que lhe estão subjacentes (continuam a promover a divisão artificial da carreira, a não reconhecer o mérito profissional pela imposição de quotas cujo único propósito é servir a gestão administrativa da carreira, vedando a progressão a muitos docentes de elevado profissionalismo). O horizonte temporal desta versão do modelo tem como limite o término do ano civil de 2009, regressando em 2010 à versão inicial, regulada pelo Decreto Regulamentar 2/2008.

Deste modo, os professores presentes na Reunião Geral decidem:
1)      Manifestar o seu direito a ser avaliado através de um modelo que seja justo, testado, simples, formativo e que, efectivamente promova o mérito pela competência científico-pedagógica;
2)      Manifestar repúdio pelo Decreto Regulamentar nº1-A/2009 de 5 de Janeiro que só introduz alterações temporárias e não elimina as injustiças do modelo original, que será reactivado no ano lectivo seguinte;
3)      Manifestar-se pela recusa da entrega dos objectivos individuais, solicitando à Presidente do Conselho Executivo que, aos signatários da presente moção, se digne proceder a anulação dos objectivos individuais apresentados em Novembro de 2008, considerando-os sem efeito a partir da presente data.

Escola Secundária/3 de Pinhal do Rei, Marinha Grande, 22 de Janeiro de 2008

Anúncios