Paulo,
Segue, em anexo, a tomada de posição subscrita nominalmente pela maioria dos professores presentes na reunião.

Neste momento encontra-se ainda em subscrição e está no bom caminho.


Abraço,
Armanda

Os professores da Escola Secundária de Felgueiras, em coerência com posições anteriormente assumidas, nomeadamente a manifestação de profunda discordância com o modelo de avaliação de desempenho definido pelo Estatuto da Carreira Docente e pelo Decreto Regulamentar 2/2008 e a suspensão dos procedimentos relacionados com a sua implementação, reiteram, em reunião de 14 de Janeiro de 2009, a sua profunda discordância em relação ao modelo de avaliação de desempenho, manifestando-a através da não entrega dos objectivos individuais, por considerarem também que as alterações introduzidas pelo Decreto Regulamentar 1-A/2009 mantêm o essencial do referido modelo e só se aplicam para o presente ano lectivo, não constituindo uma alternativa necessária.

Os professores apelam ainda para que decorra um processo negocial sério de revisão do ECD, eliminando a divisão da carreira em categorias, e que se substitua o actual modelo de avaliação por um  modelo formativo,  justo e exequível que dignifique o trabalho docente e promova uma escola pública de qualidade.

Finalmente, os professores manifestam manter a sua disponibilidade para continuar esta luta.

14 de Janeiro de 2009

Anúncios