Porque era capaz de sair alguma coisa mal educada… para mais dirigida a quem já tem idade para merecer o nosso silêncio, em especial depois do frete da sua útima candidatura à Presidência.

Soares elogia «coragem invulgar» da ministra da Educação

«Eu aprecio as pessoas de coragem», frisou o ex-presidente da República
O ex-Presidente da República Mário Soares elogiou a «coragem invulgar» da ministra da Educação, considerando que a determinada altura dos protestos contra o sistema de avaliação dos professores houve «um esticar de corda» por parte dos sindicatos.

«Acho que a ministra, que tem sido muito criticada, é uma pessoa que tem uma orientação e tem um sentido de responsabilidade e até uma coragem que é invulgar. E eu aprecio as pessoas de coragem», afirmou Mário Soares, em declarações aos jornalistas no Parlamento, à saída da cerimónia de entrega do Prémio Direitos Humanos, informa a agência Lusa.
(…)
Soares manifestou, também, a sua solidariedade com o primeiro-ministro, considerando prejudicial para o país tudo que seja «atirar contra o Governo» antes de existir uma «solução alternativa».

Eu aprecio as pessoas coerentes e que fazem coisas bem feitas. A coragem é boa, mas apenas se for ao serviço de uma boa causa.

Entretanto, qualquer confusão este este senhor e o tal do «direito à indignação», que deu cobertura ao «buzinão» e a algum «esticar de corda» do passado» é mera coincidência.

Já agora, será que Mário Soares ainda aprecia Manuel Alegre pela coragem ou será que esta intervenção não é causada exactamente pelo posicionamento de Alegre nesta questão?

Mais importante ainda, será que Mário Soares fará a mínima ideia acerca do que está a opinar ou está apenas a fazer uma avaliação da «atitude»?

Mas compreende-se, o PS está a raspar até ao fundo mais fundo do tacho neste momento de aflição.