Não me tinha esquecido do pedido da Elisa para colocar Jacques Brel. Só que me dei a liberdade de escolher um Brel menos lírico.