Cai conselho com avaliação polémica

A Assembleia do Agrupamento de Escolas Correia Mateus, Leiria, ratificou anteontem a demissão de dois vice-presidentes do Conselho Executivo, fazendo cair o órgão de gestão do estabelecimento de ensino, depois da polémica sobre uma grelha de avaliação de docentes.

A ratificação foi confirmada à agência Lusa por uma fonte deste agrupamento de escolas, apna sequência da demissão destes docentes, apresentada na semana passada, pelo que, do Conselho Executivo eleito, demitiram-se já os três vice-presidentes, gerando falta de quórum.

Dos quatro elementos do Conselho Executivo, apenas a presidente, Esperança Barcelos, permanece em funções, pelo que deverá ser eleito um novo órgão ou nomeada uma comissão de gestão pela Direcção Regional de Educação. De acordo com um dos docentes do agrupamento de escolas, esta decisão resulta da “quebra de confiança” que o processo de avaliação dos professores gerou no seio do Conselho Executivo.

É apenas mais um exemplo de «coragem» e «determinação».