Ministra garante que a avaliação não será adiada

Maria de Lurdes Rodrigues assegura que «tudo se resolverá» e que «a avaliação não está adiada e não está suspensa». A ministra admite, porém que haja uma «simplificação do processo», que pode passar, em algumas escolas, por não haver aulas observadas e por uma alteração dos prazos.

Sinceramente, para se embrulhar em declarações sem grande nexo, incoerentes, confusas e, em última instância, desnecessárias porque geradoras de ruído inútil, seria interessante que MLR se abstivesse de se pronunciar sobre este assunto.

Porque se é para fincar o pé, não há necessidade.

Para além disso, continua a ser incompreensível a sua selectividade quanto aos interlocutores com os quais se digna reunir.