Vitalino Canas diz que “o PS tem de saber ler as agendas de contestação ao Governo”

(Público, sem link permanente)