PS lança manifestação e defende ministra

(…)
E mais em plena época de contestação a Maria de Lurdes Rodrigues, o PS fez um golpe de asa e anunciou a realização de um comício no Porto, a 15 de Março, uma semana depois da manifestação de professores, prevista também para o Porto. Para esse dia, Sócrates tinha agendado um jantar com militantes socialistas, mas ontem os membros do secretariado acabaram por alterar a agenda e transformar o jantar em comício uma semana depois. “Não queremos nenhuma espécie de coincidência”, disse.

Este tipo de iniciativa tem a sua graça, depois das críticas às manifestações de sinal contrário, que acusaram de ser instrumentalizações. E vai ser muito interessante ver quem aparecerá no evento.