Eis uma boa pergunta no fórum da DGRHE:

Tendo observado nas perguntas frequentes uma resposta, por parte do moderador do fórum, pouco esclarecedora de quem é o verdadeiro avaliador dos docentes do grupo de recrutamento 200 (que leccionam Língua Portuguesa e História e Geografia de Portugal), volto a solicitar que me respondam de forma concisa às perguntas que passo a fazer:

1- O docente só tem distribuída componente de Língua Portuguesa. Quem o avalia?

2- O docente tem L.P. e H.G.P., quem o avalia (pf, explicitar qual o Departamento ou Departamentos), e em que áreas curriculares (só a HGP, ou a LP e HGP)?

Eis a resposta (Sexta, 25 Janeiro 2008, 15:04), que ainda falha por um milímetro o centro do alvo:

A resposta não depende de o professor leccionar, ou não, apenas Língua Portuguesa, mas do departamento curricular a que o professor pertence. O grupo de recrutamento 200, integrado no departamento curricular de Línguas (constituído nos termos do Anexo I, do D-L n.º 200/2007, de 22 de Maio) abrange exclusivamente os docentes recrutados com formação superior em Línguas. Se é esse o caso do professor em questão, o mesmo pertence ao departamento de Línguas pelo que é avaliado pelo coordenador deste departamento, em matéria prevista no artigo 17.º, do Decreto Regulamentar n.º 2/2008. O grupo de recrutamento 200, integrado no departamento curricular de Ciências Sociais e Humanas (constituído nos termos do referido D-L) abrange todos os docentes recrutados para este grupo e que não estejam incluídos no departamento de Línguas. Se é esse o caso do professor em questão, o mesmo pertence ao departamento de Ciências Sociais e Humanas pelo que é avaliado pelo coordenador deste departamento.

Ou seja, se o docente, com «formação superior em Letras» tiver uma turma de HGP (3 horas) e três de Língua Portuguesa (15 horas) é apenas avaliado pelo Coordenador do Departamento de Ciências Sociais e Humanas?

E se só tiver turmas de Língua Portuguesa? É avaliado pelo Coordenador acima citado em que moldes? Porque se o dito Coordenador pode avaliar o desempenho em Língua Portuguesa, então porque carga de água não pode o docente avaliado integrar o outro Departamento?

Será por causa do que não é dito no 200/2007 em matéria de reorganização dos Departamentos?