De hoje até terça-feira, nos intervalos dos deveres de recepção e visita de/a familiares e amigos, aqui vou deixar umas prendas nas galochas de algumas figuras queridas da nossa desgovernança, com claro destaque para a equipa do ME.

Como aperitivo aqui ficam um conjunto de obras (duas colectâneas de artigos com cerca de 25 anos de intervalo sobre a teoria e prática da História da Educação em Portugal, um estudo de Salvado Sampaio sobre a evolução do sistema eecucativo português no miolo do século XX e um ensaio com uma excelente base de dados de António Nóvoa) para o trio ministerial se inteirar de alguns fundamentos básicos da Educação em Portugal porque pelos vistos apenas viram gráficos até ao momento. E convém ler alguma coisa.

As próximas prometo que são mais divertidas e eventualmente menos construtivas.