Pedro d’Anunciação (acho que é assim que ele gosta que se escreva) também tem um blogue. É daqueles jornalistas de crónica semanal em-canto-de-página-que-escreve-sobre-televisão- para-afastar-o-spleen-desta-existência. É dos tempos do velho Expresso e agora passou-se para o Sol.

Este post, para além das carências ortográficas (que eventualmente corrijirá com os comentários que lhe foram feitos) é de uma grunhice e de um acinte tais, que nem vale a pena bater-lhe, porque sempre me ensinaram que devemos respeitar os pobres de espírito, mesmo se surgirem envelopados em nomes postrofados e lenços de seda no pescoço.

Se passarem por lá não se esqueçam de classificar com uma estrela o texto que é o equivalente a Muito Mau. Eu já cumpri a minha missão cívica.