A Idalina Jorge propõe que esta seja a Semana do Dizer Bem.

Lamento, mas não consigo. Eu querer, queira, mas os fantasmas que fazem mover esta máquina não me o permitem. Não consigo durante sete dias aquilo que no teatro e cinema se chama a suspensão da (in)credulidade do espectador. A realidade exerce demasiados efeitos sobre mim. Para além de que provavelmente não sou uma pessoa com a melhor das índoles.

Eu bem tento ser positivo. Mas tantas vezes acabo apenas por ser positivamente crítico. Embora dizer bem nem sempre seja obrigatoriamente bem-dizer. Acho eu.

Mas divulgo a ideia.