Graças a nota atempada do DA, eis que tenho conhecimento das listas de candidatos ao Conselho dos 60, já disponíveis no site do patronato.

No caso que melhor conheço, o distrito de Setúbal, existem 3 listas que envolvem 12 candidatos efectivos e 9 suplentes.

Fico orgulhoso porque das escolas por onde passei nos últimos 15 anos – e foram umas quantas – só lá encontro um nome. Percebe-se, portanto, porque salvo raríssimas excepções e episódios esporádicos tenho boas recordações dos meus CD’s/CE’s. Tudo gente mais de trabalho do que de pose e ânsia de protagonismo.

Em contrapartida, por testemunhos alheios que fui ouvindo e recolhendo, encontro alguns nomes conhecidos pelo seu zelo e devoção pelo cumprimento até à última nota de rodapé da mais remota circular, na versão mais exacerbada, de toda e qualquer instrução ministerial que vise diminuir a autonomia dos docentes e amesquinhar a sua função.

Pensando bem, essas candidaturas são as mais naturais e aquelas que certamente o ME mais acarinhará no seu amplo regaço.