… eram a origem de todos os males e os trabalhadores mais malandros que imaginar se pode.

O que era apenas uma intuição generalizada passou a realidade comprovada. De acordo com um estudo da Escola de Direcção de Negócios (AESE), divulgado ontem em Lisboa, cerca de 95% dos portugueses não são pontuais. Este comportamento tem nítidas consequências económicas mais de 80% das empresas vêem o desempenho do seu negócio ser prejudicado pelo incumprimento de prazos. (JN, edição de hoje

Vai-se a ver e afinal ainda gostava de saber se não seremos dos 5% que cumprem os horários, pois como bem disse já alguém, cada vez que chegamos atrasados são vinte e tal famílias que ficam a sabê-lo.