Desculpem a insistência e recuperar aqui algo escrito em post não muito distante, mas como ficou no fim do dito, pode passar despercebido.

É que eu gostava de saber como é que a Ministra da Educação pretende diminuir para 80% a despesa com o pessoal principalmente com a redução de 5.000 contratados, de acordo com as suas declarações ao Jornal de Negócios.

Eu recapitulo aqui brevemente os números em causa: 20% de redução das despesas com o pessoal, apenas com menos 5.000 contratados num universo superior a 140.000 docentes (mais de 126.000 na carreira de acordo com números do próprio ME), sendo que esses contratados são dos pior pagos do sistema.

Expliquem-me lá então como é que reduzindo em 3 ou 4 pontos percentuais o pessoal pior remunerado se atinge uma poupança de 20%.

Eu sei que desde a tabuada do Guterres, ou mesmo o último Orçamento de Estado do Goverbo PSD/CDS, se parece desculpar aos governantes não saberem fazer contas, mas para que inventaram as máquinas de calcular?