Vazios


É para isto que temos um PR?

Cavaco preocupado com níveis de procriação de cavalos lusitanos

Entre isto e o Duarte Nuno, venha o belzebu, escolha os dois e leve-os com ele para os confins.

 

Lá mais para o fim do dia, faço o guião dos saltos sobre a realidade.

Partido de Marinho e Pinto já tem declaração de princípios

Exp6Set14b

Expresso, 6 de Setembro de 2014

… e várias outras disciplinas de um currículo rico para todos aqueles que têm a esperança de progredir na vida com o vazio de ideias e a falta de imaginação do actual líder da JSD, digno representante das escolas jotistas que até primeiros-ministros deram a este pobre país.

Embora, em nome da justiça e rigor, este Hugo Soares seja do mais fraquinho que se pode arranjar…

Universidade de Verão. “É uma escola para a vida”, diz líder da JSD

… que pretenda ser de não-ficção sobre um qualquer tema acerca do qual se pretende esclarecer em vez de fazer propaganda é verificar se a bibliografia apresentada contém, entre as referências a outros estudos, pelo menos 10-20% de títulos que possam servir de contraditório para as teses expostas.

Quando na bibliografia apenas se encontram obras e autores com os quais se concordava à partida e cujas teses se defendem, ou mesmo de mentores pessoais, já se sabe que estamos perante uma fraude. Uma treta que enuncia as teses adversas como coisas do género “há quem diga que…” ou “é costume dizerem que…”, mas fugindo sempre a contraditar no concreto e truncando a informação fornecida ou adulterando mesmo os dados apresentados como “objectivos”.

Hoje, enquanto fazia uma criteriosa selecção de aquisições em agradável promoção numa Bertrand, tive o prazer de encontrar uma das mais recentes dessas tretas que não vou nomear, pois decidi fazer o mesmo que um trio da vida airada estende por mais de 200 páginas com um tipo de letra arejado, margens muito amplas e parágrafos curtos, parecidos com os de um guião para actores esclerosados de 3ª linha…

E ainda têm a distinta lata de falar em “isenção” quando não passam de moços de recados.

… em que temos como majority leader no Parlamento um qualquer montenegro que perora com grande largueza mediática sobre tudo aquilo que não entende e que apresenta como currículo para tal função exactamente os passos que são necessários, nos dias que correm, para ocupar uma função que outrora já foi de grande dignidade e gente com substância.

Agora, já qualquer um serve e chega, desde que graças à sua vacuidade seja um valor seguro para servir de câmara de ressonância e assegurar o eco.

Página seguinte »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 948 outros seguidores