Inovação


Vai ser uma sessão muito concorrida por empreendedores liberais dependentes do Estado.

Haverá beija-mão na abertura e no fecho.

Sessão Oficial de Lançamento do H2020

A sessão oficial de Lançamento do Horizonte 2020 (H2020) em Portugal realiza-se a 13 de Dezembro, no Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa.

Esta sessão contará com a presença do Ministro da Educação e Ciência, do Ministro da Economia, da Secretária de Estado da Ciência, do Secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, da Secretária de Estado da Ciência de Espanha, do Presidente da Fundação para a Ciência e a Tecnologia e de uma delegação de alto nível da Comissão Europeia, presidida pelo Diretor Geral da Investigação e Inovação.

O H2020 assenta em três grandes prioridades, Pilar I, Ciência Excelente; Pilar II, Liderança industrial e o Pilar III, Desafios Societais assim como em instrumentos de financiamento transversais.

Pilar I – Acções Marie Curie, European Research Council (ERC), Infraestruturas de Investigação e Tecnologias Futuras Emergentes, FET,

Pilar II – Liderança em Tecnologias Industriais Facilitadora, LEIT, (TIC, as Nanotecnologias, os Materiais, as Biotecnologias, a Produção Industrial e o Espaço); medidas de apoio ao Acesso ao Financiamento de Risco e; Programa de Inovação para as PMEs.

Pilar III – Desafios Societais (DS): DS1, Alterações Demográficas e Bem-estar; DS2, Bio economia, Alimentação, Agricultura e Agua; DS3, Energia Segura, Limpa e Eficiente; DS4, Transportes Inteligentes, Verdes e Integrados; DS5, Ação Climática, Ambiente, Gestão Eficiente de Recursos e Matérias-primas; DS6, Sociedades Inclusivas, Inovadoras e Reflexivas e, finalmente, DS7, Sociedades Seguras.

é acerca de, mas.

Ou não.

 

será marcelina.

 

Ontem não coloquei esta notícia sobre um projecto desenvolvido na escola, tendo o Calimero recolhido informação adicional sobre o que a envolvia…

O colega que o desenvolveu é contratado e no seu site até há uma fotografia de Cavaco Silva a usar o jogo, porque na altura das câmaras as individualidades aparecem sempre.

O projecto i9scool tv foi 1º classificado no concurso nacional de criatividade nas escolas. É  primeira plataforma escolar desenvolvida numa escola e já foi convidada a ser apresentada no 1º encontro de rádios e tv pelas net organizadas pelos MEC..

De acordo com o próprio desenvolveu outros projectos…

  • Mesa Interactiva – 1º mesa interactiva desenvolvida totalmente numa escola secundária
  • Aplicações Android e ipad, também desenvolvidas nas escolas.
  • Jogo Sos Rio Paiva – 1º Jogo desenvolvido numa escola portuguesa (secundária) para Ipad.
  • Jogos com Kinect e motion detection….

E agora como recompensa…. = DESEMPREGO!

O resumo dos dados para Portugal está aqui. Do relatório completo é interessante recolher alguns dados comparativos, nos quais a percepção da melhoria dos serviços públicos nos últimos anos (desde 2009) parece evidente, não confirmando as recorrentes críticas de que são objecto:

Portugal como o 2º pais onde os serviços públicos mais inovaram nos últimos 3 anos.

As maiores inovações foram a nível central, sendo poucas a nível municipal. O que não deixa de ser curioso porque, por cá, se aponta a municipalização e a proximidade como formas de melhorar os serviços…

A inovação é percepcionada como importante ou muito importante por quase 60% dos inquiridos, estando 20 pontos acima do valor da média europeia.

O principal problema é que, apesar da facilidade de acesso à informação e da sua qualidade, há depois dificudade em aceder a apoios financeiros…  pois…

Afinal é possível?

A Ordem dos Médicos e os dois maiores sindicatos do setor anunciaram, nesta quarta-feira, uma greve para os dias 11 e 12 de julho.

O protesto foi anunciado numa conferência de imprensa conjunta da Ordem dos Médicos, do Sindicato Independente dos Médicos e da Federação Nacional dos Médicos.

Na origem desta tomada de posição está um concurso lançado pelo Ministério da Saúde para a prestação de serviços médicos às instituições do Serviço Nacional de Saúde.

Mobile phones as cultural resources for learning – an analysis of mobile expertise, structures and emerging cultural practices

Página seguinte »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 913 outros seguidores