EUA


Our Public Education System Needs Transformation, Not ‘Reform’

A growing, diverse movement is rejecting market-oriented reforms in favor of education justice.

The_Nation_2014-10-13_Page_01

Agradecendo os materiais ao Livresco.

Special Education Charters Renew Inclusion Debate

… sejam cunhas blasfemos ou aqueles insurgentes de duplo apelido e muito medo que se saiba que os empregadores vivem encostados a encomendas pagas com dinheiros públcios:

Professors on food stamps: The shocking true story of academia in 2014

Forget minimum wage, some adjunct professors say they’re making 50 cents an hour. Wait till you read these stories.

Agradeço ao Luís Braga a referência.

Um estudo da Gallup que derruba algumas ideias feitas que se querem apresentar por cá como inquestionáveis, nomeadamente sobre a confiança nos professores das escolas públicas e sobre o que a “opinião pública” pensa do que deve ser a sua avaliação.

A confiança continua bem alta (mesmo entre os republicanos) e considera-se que a sua avaliação não deve estar ligada ao desempenho dos alunos em testes-padrão.

Claro… atendendo à erosão do seu estatuto profissional, cortesia da classe política (como cá), há menos pais a considerar a carreira docente como uma boa opção profissional.

Como “o povo é sábio”, consideram que deve existir maior rigor no acesso e preparação dos futuros professores. Mas em nenhum lado se fala numa prova paccóvia como a que há por cá.

Eis alguns dados:

GallupEduc2014

(…)

GallupEduc2014a

 

Neste caso, é no Estado do presidenciável republicano Chris Christie:

Flipping Schools: The Hidden Forces Behind New Jersey Education Reform

… apesar do período estival.

Porque, como diz o autor, tem aspectos técnicos, gráficos, etc e conclusões que vão contra certas “narrativas” que têm irradiado de lá para cá… e se reproduzem em artigos de opinião de uma enorme inanidade, em especial quando querem demonizar toda uma classe docente a partir de um exemplo que lhes é sempre tão útil, para o bem e para o mal.

Num tempo em que qualquer zero à direita ou esquerda se torna membro de uma Comissão de Educação do Parlamento ou conselheiro nacional do sector, é habitual que venham aqui gozar comigo quando peço “fundamentação empírica” a certas opiniões e decisões.

Mas o que peço é apenas que façam o trabalho de casa, se esforcem um pouco e tentem ir para além da sua estreiteza de interesses (sim, eu sei, também tenho os meus, imensamente 2corporativos”).

Are teachers unions really the scourge of the nation?

Are teachers unions really the scourge of the nation? You might think so if you listen to some reformers who link union-negotiated job protections for teachers to poor academic performance of students in high-poverty schools. But does the data actually support that contention? Bruce D. Baker, a professor of education and leadership in the Graduate School of Education at Rutgers, The State University of New Jersey, decided to look at what is true and what is not in the following post, initially published in 2012 on  his School Finance 101 blog. This is a long, technical post, filled with graphs, but worth your time.

Why law school’s love affair with economics is terrible for the American legal system

Law schools are putting more and more emphasis on a cash-crazed free market ideology. Here’s what’s at stake.

(…)

In fact, the most repeated word in my first year law curriculum was not justice, or liberty or order.

It was efficiency.

 

Página seguinte »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 944 outros seguidores