Era Escusado


… ainda não comprei aquilo e já  barraram o caminho aos penetras? Pessoal, o que eu me vou divertir com a miséria!

 

anjp_ok

A presidente do Banco Alimentar Contra a Fome considera que “não se podem impor mais cortes a quem já não aguenta mais” e que “as redes sociais são os piores inimigos dos desempregados”, já que estes “passam demasiado tempo agarrados ao Facebook e vivem uma vida que é uma total ilusão”, quando se deviam empenhar na procura de emprego.

E se usarem as redes sociais para procurar emprego?

rodeado de küs indiferenciados por todos os lados.

NSA monitored calls of 35 world leaders after US official handed over contacts

 

Com uvas.

 

E não, não haverá fotos.

Mas mais grave do que isto é constar que em alguns sítios o caderno 2 não foi distribuído de início e os vigilantes ficaram mesmo convencidos que seria para parar após a parte 1…

De qualquer modo parece-me que o aluno também poderia perceber que só ele tinha parado…

Bom dia,

Sou EE de um aluno no 4º ano. Por acaso também sou professora contratada mas sem colocação este ano.

Sou do 2º ciclo, Matemática, pelo que nos últimos anos não tenho falhado uma vigilância de exames tanto no 1º, como no 2º e 3º ciclos.

Ontem o meu filho foi à EB 2,3 ********************* para fazer o seu exame.

Lá dentro, parou quando leu grupo 2 no caderno 1. Pensou que só podia fazer o grupo 2 depois do intervalo. Confundiu com o caderno 2.

Ninguém teve o bom senso, se detectaram que ele estava parado, de dizer em voz alta, ao grupo que estava na sala, que o grupo 2 também era para fazer.

Não sei se não detectaram, mas se detectaram … ficaram calados. Talvez com medo que o Sr. Ministro Nuno Crato os passasse à mobilidade especial por terem avisado um molhe de catraios de 9 e 10 anos que tinham que fazer o caderno todo.

Não sei se não detectaram e não me custa imaginá-los encostados a uma parede a apanhar a seca da vigilância. Eram do 3º ciclo, pelo que soube.
Qualquer das situações não me entra na cabeça.

Estou farta de falar com colegas que fizeram vigilância e toda a gente fica incrédula pelo que se passou.

Da direção da Escola argumentam que ele foi treinado e que as ordens eram para ” não falar com os alunos” coisa que aparentemente estes vigilantes tomaram à letra, demonstrando uma total falta de bom senso.

Foi uma péssima ideia deslocar os miúdos das escolas, e não é de todo desejável pôr esta gente do 3º ciclo e secundário a vigiar estes mais pequenos porque lhes falta tacto, sensibilidade e.. bom senso.

No calor da conversa telefónica que tive com o membro da direção responsável pelo 1º ciclo, foi-me finalmente sugerido que procurasse então outro agrupamento- este é o que serve a minha zona de residência- para a continuação dos estudos do meu filho- o que nos mostra o perfil adequado da pessoa para a função, diria eu. Que o concelho tem muitos agrupamentos onde o meu filho pode prosseguir os estudos.

Com muita pena minha, o meu filho prosseguirá os estudos num colégio particular- mesmo privado- e não numa escola pública pois a degradação a que assisto é tal que nem eu, fervorosa defensora do ensino público até ao momento, tenho motivos para o manter numa escola pública. Acabei de o matricular e esta situação apenas me deu o empurrão final para algo que eu já tinha em mente.

No dia em que, como eu disse à membro da direção da Escola que falou comigo, a escola em causa for TEIP, ela que se lembre da postura que teve e na argumentação que usou ( se calhar aprimorada por eu ser professora) perante a minha incredulidade com o ocorrido- a solução dela passa então por convidar uma EE a mudar de agrupamento.

Portanto, parece-me razoável que nas instruções para ” não falar com os alunos” se ressalve a nível superior que há situações dependentes do bom senso e da inteligência individual, que podem ser prevenidas.

Alertar o grupo de alunos para o que podem estar a fazer mal ou não estarem a fazer, parece-me uma dessas situações.

Se eu deixasse passar uma situação destas, de ver um aluno parado porque estava baralhado num exame, eu dormiria descansada. Mas pronto, foi para o que deu.

Atenciosamente,

Maria

Não sei se será a nova forma de esclarecer...

Esclarece2

(…)

Esclarece1

Página seguinte »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 959 outros seguidores