Despedimento Com Justa Causa


nap

dor

Há ou não há governo?

Se bem percebi, há o mesmo, com o demissionário por demitir.

Há ou não eleições?

Se bem percebi, é para haver para o ano, desde que PS, PSD e CDS concordem em governar, sejam quais forem os resultados.

Ou seja, Cavaco Silva, na sua pseudo visão formalista e minimalista da presidência, assumiu a presidência do Conselho de Ministros.

A menos que se refugie no pós-modernismo linguístico de considerar que rescisão não é despedimento.

Governo avança com 20 mil despedimentos

Em nome da necessidade de correcção do desvio de 800 milhões de euros do défice, 20 mil funcionários públicos serão dispensados este ano. Metade dos quais professores.

.

Pior mesmo será despedir professores e decidir pagar a privados para fazer o que os despedidos, desculpem, rescindidos, faziam, numa estratégia de outsourcing que seria mais eficaz se voltássemos à tele-escola. A partir de Bangalore, por exemplo, com recurso a tradutor simultâneo online.
.
É muito raro – Relvas à parte – defender a demissão seja de quem for (nem de MLR o fiz) até que todo o esplendor da sua má governação fique bem à vista de todos. Mas as excepções confirmam a regra.
.
A confirmar-se o que está a ser anunciado, Nuno Crato revela ser apenas ministro de alguns interesses e nichos paroquiais académicos, sem ter qualquer peso político.
.

Ié!

Pode ser humor fácil, mas ainda bem…

mister bin

Página seguinte »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 945 outros seguidores