Ministro diz que haverá controlo dos alunos que fazem formação nas empresas

O Ministro da Educação admitiu hoje que será  preciso estar atento para que as empresas não se aproveitem da proposta  governamental que defende que os alunos dos cursos profissionais poderão  passar o dobro das horas em formação nas empresas.

About these ads