Segunda-feira, 8 de Julho, 2013


Tame Impala, Feels Like We Only Go Backwards

é, tirando o plural de imodéstia, sobre a circuncisão d’alguém não isctesiano. Ciano?

Ou não.

mas desta vez é por interesse.

Não usei a tradução “brasileira” porque… enfim…

… quando teremos o prazer de ver publicado o novo DOAL?

pelas gravações?

Não duvido das mentiras da cratoequipa, mas nutro suspeitas das verdades aos berros, especialmente se de gravador telemóvel em riste.

Incluo apenas os que tomam posse por cá.

Governo

‘pelos responsáveis pelo governo da nossa pátria, oremos irmãos’*

PortasTour

Maria Luís Albuquerque recebida de braços abertos no Eurogrupo

Nova ministra das Finanças “não é uma estranha”, afirmou o homólogo irlandês, Michael Noonan. Wolfgang Schäuble elogia escolha de continuidade.

Austerity Discredited, Not Defeated – Time to Fight for Jobs and Growth

O vítor quis foi livrar-se de chatices.

O pedro quis mostrar que era um grande líder e que não precisa da opinião do paulo para nada.

O paulo quis entalar o pedro e mostrar que ele é que sabe fazer armadilhas.

O pedro e os amigos decidiram, coma  ajuda do aníbal, dar uma lição de vida ao paulo.

Tudo o resto é conversa fiada, incluindo qualquer vaga ideia ou menção a interesse nacional, razões de estado, etc, etc.

Tudo isto não passou de uma birra de meninos, na sala de um professor com contas a ajustar com muita gente.

Pedro Adão e Silva. E Agora?

 

Leio semanalmente o Pedro Adão e Silva no Expresso, aprendo e gosto das abordagens muito abertas e realistas que faz aos temas que nos abrangem e nos preocupam, tentando dar soluções.

Ao saber por convite, do lançamento do seu mais recente livro: “E Agora?” em Lisboa, claro que não fui, mas adquiri o livro.

A 04 Julho 2013 o lançamento do livro foi feito cá no Porto e assim com m/ mulher já foi possível ir, já com boa parte do livro lido.

Aqui, no Porto uma interessante apresentação por Augusto Santos Silva, e vários e muito oportunos comentários feitos pelo próprio Pedro Adão e Silva.

O “E Agora? “ é um livro escrito para nos ajudar a entender o momento, como desastrosamente aqui chegámos, apontando algumas propostas que se seguidas farão ficarmos melhor, ou não piorar, e com esperanças de “continuar”!

“O propósito do livro é fazer repensar o sistema político, a justiça e as políticas públicas numa prespectiva de futuro.”

Um muito indicado prefácio de Jorge Sampaio, mais nos aguça a vontade de ler e rapidamente acabar o “E Agora?”. O que sem dúvida, fiz.

Jorge Sampaio apelida o Pedro Adão e Silva de “reformador progressista”, que “nunca desiste da esperança e do futuro”.

Da Introdução do “E Agora?” é curioso realçar algumas frases do Pedro Adão e Silva, tais como:

 - Portugal é hoje um país devastado.

- Aparentemente não há saída possível.

 - ….o memorando de entendimento português tinha metas…inviáveis…

 - …ultrapassar a actual miséria política europeia.

 - …perdeu-se a capacidade de a justiça apurar a verdade, de a comunicação social promover investigações autónomas e credíveis.

- Enquanto repetimos sistematicamente os mesmos erros, estamos condenados a fracassar.

E, vou ao acaso citar algumas frases mais, de várias partes do “E agora?”:

- A esquerda democrática ….em declínio ideológico…

 - O problema é do euro e só será ultrapassado quando se alterar ….

- A Grécia somos todos nós….

 - …como a História se pode repetir…

 - A memória colectiva é o cimento da vida em comunidade…

 - ….a hegemonia da lógica das juventudes partidárias tem efeitos perversos.

 -…o mundo sindical português é feito de paradoxos….

-…ligeireza com que somos governados…

- É uma vergonha que numa sociedade democrática haja quem tem fome…

Assim, para além de finalmente ter conhecido pessoalmente o Pedro, cá no Porto, e não só por escrito, fica aqui o conselho a todos para que leiam o “E Agora?”.

E todos inclui e de que maneira todos os políticos, essencialmente estes que por “cá andam”!

Parabéns Pedro por este “E Agora?”

Um Abraço

Augusto Küttner de Magalhães

05.07.2013

IMG_1369

entre os aviões da CIA e os do Evo. É a cor.

 

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 894 outros seguidores