Quinta-feira, 19 de Abril, 2012


2:54, You’re Early

Por causa de uns comentários no Proflusos e do Buli, ontem, aqui no Umbigo, fica aqui um esclarecimento informado:

A Diretora Regional esteve em Alcácer, reuniu com o Presidente da Câmara e com os Diretores dos 3 Agrupamentos e apresentou verbalmente três propostas: agrupar a Secundária com a Baáica 2/3 (agrupamento de Escolas de Alcácer), agrupar o Agrupamento de escolas de Alcácer com o Torrão ou um agrupamento único em Alcácer; pediu pareceres aos agrupamentos, secundária e câmara. Já foram enviados. A maioria preferia que o Torrão se agrupasse a Alcácer mas só ao Agrup. Esc. Alcácer, mas sabes como funciona o Torrão com a distância e a situação dos professores  quase todos de Évora,  Alcáçovas, não vêem isso com bons olhos…

A Diretora regional voltou ao Torrão esta semana a pedido da associação de pais e parece ter afirmado que pelo menos no próximo ano letivo não vão avançar com a proposta de agregação. O Torrão preferia agrupar com Viana do Alentejo. (…)

Dirigentes e funcionários do Estado nas Novas Oportunidades

(…)

Nuno Crato rejeita a exis­tên­cia de mais alu­nos a aban­do­nar o ensino supe­rior por falta de dinheiro, ape­sar dos já mui­tos avi­sos que lhe têm sido fei­tos. Agora foi a Asso­ci­a­ção Aca­dé­mica da Uni­ver­si­dade de Coim­bra que lhe pediu uma visita “ao ter­reno” para ver com olhos de S. Tomé, foi Jorge Sam­paio que acon­se­lhou uma rápida trans­fe­rên­cia de ver­bas para o auxí­lio ao estu­dan­tes, e foi a Igreja Cató­lica que avi­sou que, a con­ti­nuar assim, dou­tor só será o filho do Senhor Dou­tor. Entre­tanto, o que faz o governo? Arranja uma espé­cie de Novas Opor­tu­ni­da­des para 650 qua­dros do Estado, uns MBA a preço de saldo para a rapa­zi­ada apren­der umas coi­sas. Sim, leram bem: enquanto alu­nos aban­do­nam o ensino supe­rior por falta de dinheiro, os nos­sos que­ri­dos líde­res vão às aulas em três das melho­res uni­ver­si­da­des, apren­der coi­sas “exe­cu­ti­vas” a baixo custo. Uma espé­cie de caçada ao ele­fante branco.

Saragoça da Matta retira candidatura a Tribunal Constitucional

Paulo Saragoça da Matta retirou a sua candidatura a juiz do Tribunal Constitucional, “por razões de ordem pessoal”. Maria José Reis Rangel Mesquita é apontada como substituta pelo PSD, sabe o Expresso.

Este poste era para se chamar “Ouvido No Elevador”, como certos blogues colocam, até parece que o elevador estuda em Paris. Por isso fui investigar. Era tudo mentira.

 

… e trouxeram mais uns amigos. Em atenção ao spórtengue, a rega é em tons de verde e de novo alvarinho (não confundir com tinto vilarinho).

 

Página seguinte »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 946 outros seguidores