Sábado, 18 de Fevereiro, 2012


REM, The Sidewinder Sleeps Tonite

Também tenho direito a reescrever o passado como muitos heróis de oportunidade que a posteriori embelezaram o currículo. E tenho até documentação iconográfica para comprovar como entre Maio e Junho de 1968 aderi convictamente à moda da Revolução Cultural, exibindo com orgulho a minha vestimentária oficial.

O autor enquanto guarda cultural em Junho de 1968, no rescaldo da sua participação nas revoltas de Maio desse ano, que levaram à sua desilusão com o marxismo soviético, tido como demasiado pacífico, acabando por optar pela via revolucionária apontada pelo camarada Mao.

Ahhh…. e ainda tenho o rádio que aparece na imagem e ttinha e tem onda curta, permitindo sintonizar a Deutsche Welle, a BBC e a Rádio Moscovo (quando havia).

Há um ano Cavaco defendia manifestação de alunos

Assim que se soube que Cavaco Silva cancelou hoje a visita a uma escola devido aos protestos dos estudantes, houve logo quem, nas redes sociais, lembrasse que, há pouco mais de um ano, era o então candidato a Presidente da República que dizia, a propósito dos vários protestos dos alunos do ensino privado, que as manifestações “são sinal de vitalidade da sociedade civil”.

Embora tudo isto seja previsível, demasiado previsível, como há menos de uma semana se antevia:

Modelo de gestão escolar interessante para FNE e desastrosa para FENPROF

Entretanto cuidem lá mais da concordância de género nos títalos.

Há uma diferença, que pode parecer ténue mas é fulcral, entre levar as coisas a sério e levar-se a si mesmo demasiado a sério.

Manuel António Pina. “A vontade que tenho era pôr um cinturão de bombas e rebentar com essa malta toda”

Cavalo de Troika

Página seguinte »

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 922 outros seguidores